Como a meta description melhora os resultados em SEO

Entenda como a descrição dos conteúdos de suas páginas pode ajudar o usuário a decidir se deve ou não clicar em seu site.

Leia também:
► Quais as Principais Métricas de Marketing Digital Para Uma Empresa?
► Ebook SEO para Google Adwords

Quando uma pessoa procura um livro para comprar, ela quer ter um “gostinho” de como será a leitura. Então, ela pode ler a sinopse, o prefácio ou o índice do livro, antes de passar horas lendo algo que talvez não goste.

Sabia que isso tem a ver com SEO? Afinal, esse é o papel da meta description na página de resultados do Google.

Antes de clicar em um site durante a sua pesquisa, o usuário também quer saber do que ele trata. “Será que essa página traz a resposta que eu estou buscando?”, pergunta ele.

Então, a meta description, ao apresentar uma breve descrição do conteúdo da página, ajuda o usuário a decidir se deve ou não acessar aquele site. E isso pode melhorar o tráfego, o posicionamento e os resultados do seu site.

É sobre esse elemento importante na estratégia de SEO que vamos falar neste artigo. Acompanhe para entender tudo: o que é, qual é a sua importância e como criar uma boa meta description.

O que é a meta description? Como ela é usada?

meta description - imagem explicando o que envolve SEO

A meta description é um trecho do código HTML que traz uma descrição sobre o conteúdo de uma página.

Geralmente, ela é composta de uma ou duas frases que resumem o assunto principal. Essa tag aparece assim no código:

<meta name=”description” content=”Descrição da página”/>

No lugar de “descrição da página”, então, você deve escrever do que a sua página trata. Isso pode ser feito diretamente no código, mas mais comum é utilizar uma ferramenta de SEO que não exige conhecimento em programação (no final deste artigo, você vai conhecer algumas opções).

Ao ler essa tag no código, o Google usa essa informação para automaticamente compor o snippet desse link.

Ok, mas o que é um snippet?

É a apresentação resumida de cada link na página de resultados da busca (ou SERP, de Search Engine Page Results). Ele é composto pelos seguintes elementos:

Em alguns casos, o snippet também apresenta a data de publicação da página, sitelinks (links internos do site) e rich snippets (como a nota dos usuários ou o preço de um produto, por exemplo).

Clico ou não clico? A meta description influência na decisão do usuário

meta description - imagem de um homem confuso, com as mãos na cabeça

Da mesma forma que o leitor decide comprar ou não um livro a partir da sua sinopse, o usuário também decide clicar ou não em um link ao ler a sua meta description. Ela funciona para convencer o usuário, em poucas palavras, que a sua página tem aquilo que ele procura.

Portanto, a elaboração da meta description influencia decisivamente no volume de tráfego e no número de cliques que o seu link recebe na SERP. E é isso que impacta na sua estratégia de SEO.

Vamos explicar melhor agora:

A meta description não é um fator de ranqueamento, mas é essencial no SEO

O próprio Google já afirmou: a meta description não é considerada um fator de ranqueamento pelo algoritmo. Portanto, definir ou não definir uma meta description não afeta o seu posicionamento diretamente. O que acontece é uma influência indireta no SEO.

Um dos fatores de ranqueamento do buscador é o CTR (Click-through Rate). Trata-se da taxa de cliques que um link recebe em relação ao número de exibições na SERP.

Segundo o buscador, um CTR alto é um indicativo de que aquele link tem alta relevância para aquela palavra-chave, então merece um posicionamento melhor.

E, como dissemos, a meta description é uma importante ferramenta para atrair mais cliques dos usuários.

Se ela é atrativa e persuasiva, consegue conquistar uma boa taxa de cliques. Mas mais importante que isso é que ela seja descritiva, ou seja, que traga informações que realmente constem na página.

Afinal, a taxa de rejeição também é um fator de ranqueamento do Google. Uma taxa de rejeição alta é um sinal de que o usuário provavelmente não está encontrando no site aquilo que imaginava ― e isso conta negativamente.

Então, não adianta ludibriar o visitante com uma meta description enganosa, ok?

É importante ressaltar que o grande propósito do Google é oferecer a melhor experiência ao usuário. E isso vai desde visualizar os resultados da busca até encontrar o que ele desejava dentro do site.

Nessa experiência, a meta description tem um papel importante. E quanto melhor for a experiência que você oferecer, mais posições ganha no ranking do buscador.

E se eu não escrever uma meta description?

Se o Google ler o seu código e não encontrar uma meta description, o que acontece? Ele mesmo seleciona um trecho da página que seja relevante para a busca do usuário ― de preferência, que apresente a palavra-chave pesquisada. Isso significa que a mesma página pode ter snippets diferentes para cada pesquisa.

Muitas vezes, mesmo quando você define uma descrição, o próprio buscador pode julgar que outro trecho da página é mais relevante. Isso acontece quando ela tem baixa qualidade ou não tem relação com a página.

Que fique claro: para o ranking, não há problema algum em não definir uma meta description ― lembre-se de que ela não é um fator de ranqueamento.

O ponto negativo é que você perde o controle sobre o que será exibido ao usuário e deixa essa decisão nas mãos do Google, que pode não ser tão persuasivo como as suas palavras.

5 dicas para criar uma meta description eficiente

Portanto, a dica é caprichar na descrição das páginas. Você precisa convencer o Google a exibi-la para o usuário em vez de captar um trecho do conteúdo. Para isso, ela precisa seguir algumas orientações:

Índice
  1. Utilize uma linguagem informativa e persuasiva
  2. Inclua a palavra-chave na meta description
  3. Preste atenção no tamanho da meta description
  4. Crie uma meta description única para cada página
  5. Conte com uma ferramenta de SEO

1. Utilize uma linguagem informativa e persuasiva

Em primeiro lugar, o texto da meta description deve ser informativo sobre o conteúdo da página. Esse é o objetivo principal e deve ser o seu foco.

Porém, a meta description também é entendida como um argumento de venda para convencer o usuário a clicar.

Então, você também pode adotar algumas técnicas de copywriting, como incluir uma chamada para ação (CTA) ou despertar o senso de urgência.

Um toque de criatividade também é bem-vindo para chamar a atenção do potencial visitante.

2. Inclua a palavra-chave na meta description

Uma das maneiras do Google avaliar se a descrição é relevante para a consulta do usuário é verificar se ela apresenta a palavra-chave pesquisada. Se sim, isso provavelmente significa que a página entrega o que o visitante busca.

Encher a meta description de palavras-chave, porém, não é o caminho correto, ok?

Dessa forma, o Google entende que ela é de baixa qualidade e oferece uma má experiência ao usuário. Então, utilize os termos de maneira natural no texto.

Além disso, o Google coloca o termo pesquisado em negrito nos snippets da SERP. Portanto, essa é também uma forma de se destacar na página e captar a atenção do usuário, que só passa os olhos rapidamente pelos resultados.

3. Preste atenção no tamanho da meta description

Não existe um limite mínimo ou máximo de caracteres para a meta description, nem você será punido se escrever demais ou de menos. Porém, o tamanho importa porque o espaço para a descrição no snippet é limitado, o que pode cortar sua frase se você ultrapassá-lo.

Então, trabalhe dentro do espaço disponível.

Geralmente, o número de caracteres vai até 155, mas esse número pode variar. Por exemplo, se o buscador também exibe no snippet a data de publicação do post de um blog, esse número se reduz.

4. Crie uma meta description única para cada página

É muito comum alguns sites padronizarem a meta description para todas as páginas. O problema é que o Google entende que descrições idênticas ou semelhantes não são úteis para o usuário. Ou seja, não o ajudam a decidir se deve ou não clicar naquele link.

Mas é importante esclarecer: isso não prejudica o rastreamento nem a indexação do seu site, somente a experiência do usuário. Por isso, é importante criar uma meta description para cada página.

Se você quer conferir se há descrições duplicadas, ausentes ou problemáticas no seu site, acesse o relatório Melhorias de HTML no Google Search Console.

5. Conte com uma ferramenta de SEO

Meta description é uma tag de HTML. Só de falar em código, porém, muitas pessoas fogem do assunto, já que não entendem de programação. E, por esse motivo, a meta description pode ser deixada de lado, apesar da sua importância.

Por isso, muitos administradores de sites contam com a ajuda de plugins e ferramentas que auxiliam a otimização para os buscadores. Nesse caso, você não precisa mexer em uma linha de código sequer.

Veja agora algumas opções de ferramentas para fazer isso:

Yoast

O Yoast é um dos plugins mais conhecidos. Você pode instalar esse plugin por conta própria no seu site, quando for desenvolvido em WordPress.

As funcionalidades são fáceis de usar: na própria edição de um post ou uma página, você pode ver todas as indicações de otimizações do plugin e realizar ali mesmo as edições, como as meta descriptions.

Existem também funcionalidades avançadas, caso você já tenha mais conhecimento.

All in One SEO

O All in One SEO também é bastante conhecido entre os administradores de sites desenvolvidos em WordPress.

Ele apresenta uma interface mais simples ainda para realizar as melhorias de HTML e conteúdo nas páginas, que também são indicadas na própria edição de um artigo do site ou blog.

A meta description é apenas uma das possibilidades de edição disponibilizadas pelo plugin.

SEO

A Otimização de Sites BH é a agÇencia que analisa rapidamente a página de um site e indica todas as melhorias que você deve fazer, inclusive nas meta descriptions.

Para contratar o Ligue SEO, basta ter um site, blog ou portal criado através do construtor de sites Criação de Sites BH

O funcionamento é muito simples e intuitivo, pensado para que você consiga otimizar suas páginas sem qualquer experiência ou conhecimento especializado.

Mas o grande diferencial dessa ferramenta é que você também pode contar com o atendimento da agência não só para realizar as otimizações, mas também auxiliar no planejamento, resolver qualquer dúvida ou problema e ainda mensurar os resultados.

Enfim, o principal objetivo da meta description é simples: fazer o usuário que pesquisa no Google clicar na sua página. É assim que você alcança os demais objetivos ― aumentar a taxa de cliques e o tráfego, melhorar a experiência do usuário e conquistar melhores posições.

Você também entende que a meta description é importante para o SEO? Tem mais alguma dica para escrever boas descrições? Comente abaixo e nos diga o que você acha!

Guest post produzido por Wallace Castro

 

Via: blog.hotmart.com

, , , , ,
One comment to “Como a meta description melhora os resultados em SEO”
  1. Pingback: 10 incríveis fatores de rankeamento do Google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *