Glossário de SEO – Conheça os principais termos sobre otimização de Sites para mecanismos de busca

Preparamos um glossário de SEO completo, com as principais palavras e expressões que você precisa conhecer!

Leia Também:
► Quais as Principais Métricas de Marketing Digital Para Uma Empresa?
► 5 dicas infalíveis para melhorar o ranqueamento do e-commerce
► Ebook SEO para Google Adwords
► Os 3 principais Segredos de marketing para ter sucesso nas redes sociais

Você se interessa por otimização para mecanismos de busca, mas fica sem entender alguns termos? Pensando nisso, preparamos um glossário de SEO completo, com as principais palavras e expressões que você precisa conhecer. Sem mais delongas, vamos a ele!

 

Índice

  1. Algoritmo
  2. AMP
  3. Alt Text
  4. Black hat
  5. Canonical Tag
  6. Click through rate (CTR)
  7. Cloaking
  8. Crawler
  9. CSS
  10. Disavow links
  11. Google Search Console
  12. Gray Hat (ou grey hat)
  13. Headings tags
  14. Head Tail
  15. Href
  16. HTML5
  17. Hummingbird
  18. Keyword Stuffing
  19. Links
  20. Link building
  21. Links internos
  22. Long Tail
  23. LSI (Latent Semantic Indexing)
  24. Meta Description
  25. Nofollow
  26. Noindex
  27. PageRank
  28. Palavras-Chave (keyword)
  29. Panda
  30. Penguin
  31. RankBrain
  32. Redirect 301
  33. Rich snippet
  34. Robots txt
  35. SERP
  36. Sitemap XML
  37. SSL
  38. Subdiretório
  39. Subdomínio
  40. Texto âncora
  41. Title Tag
  42. URL
  43. White Hat

 

Algoritmo

Como encontrar exatamente o que você procura com milhares de páginas publicadas todos os dias na internet? Esse é o papel dos algoritmos. Eles são programas que processam diversas fórmulas para achar a resposta da sua pergunta, o restaurante mais próximo ou como chegar ao 1º lugar no Google, por exemplo.

 

AMP

AMP é a sigla para Accelerated Mobile Pages (páginas aceleradas para dispositivos móveis, em português), são páginas de sites otimizadas para um carregamento simplificado e quase instantâneo quando acessadas via dispositivos móveis. O projeto é uma iniciativa de empresas como Google, LinkedIn, Pinterest e Twitter.

 

Alt Text

Nada mais é que a descrição da imagem. O mais importante aqui é que você não faça confusão com o título da imagem. O Alt text tem a função de descrever os elementos visuais da imagem com objetivo de posicionar a imagem melhor no ranking de buscas.

 

Black hat

São diversas técnicas de SEO que não seguem as regras determinadas pelos buscadores. O objetivo do Black Hat é obter os melhores resultados em pouco tempo. Mas cuidado! Você pode correr o risco de sofrer punições.

 

Canonical Tag 
É um comando que avisa ao navegador e aos buscadores é uma segunda versão de um conteúdo original, apontando para ele. Serve para evitar conteúdo duplicado. Saiba mais no post Canonical tag: o que é, qual sua importância para SEO e como utilizá-la.

 

Click through rate (CTR)

É a métrica para a taxa de cliques e para verificar qual o nível de eficácia dos seus anúncios. Otimizar sua página vai ajudar no ranqueamento do seu site quando estiver em um leilão no AdWords por exemplo. Por isso, foco no CTR e no seu SEO.

 

Cloaking

Técnica que tem por objetivo apresentar um conteúdo para o usuário e outro para os buscadores. Esconder conteúdo, duplicar conteúdo em uma mesma URL (visitante vê uma coisa e buscador vê outra), são alguns exemplos. Mas fique ligado, é uma técnica considerada Black Hat SEO, ou seja, você poderá ser punido caso execute em seu site.

 

Crawler

Eles são os responsáveis por indexar os sites pela internet. Os motores de busca como o Google usam esses softwares para se atualizarem. Após a varredura, eles classificam links, conteúdos e outros aspectos e ranqueiam os sites de acordo com a busca.

 

CSS

Cascading Style Sheets (CSS) é uma linguagem para estilos que define o layout de documentos HTML. Na prática é possível alterar fonte, parágrafos, cores no site, ajustar imagens e outras funções. Ter uma página com bom visual e experiência para o usuário é fundamental para navegação, conversão e SEO.

 

Disavow links

O Google trabalha arduamente para que ações em sites de terceiros não afetem um site negativamente Se a classificação do seu site está sendo possivelmente prejudicada por links de baixa qualidade que não estão sob seu controle essa ferramenta pode lhe ajudar.

Disavow links indica ao Google quais links que apontam para o seu site você não quer que ganhem relevância. Além disso a ferramenta pode ser usada em casos onde fontes duvidosas de links ou fontes hackeadas linkam para o seu site.

 

Google Search Console

O Google ajuda você a monitorar e manter a presença do seu site nos resultados de pesquisa do próprio buscador. A ferramenta é gratuita e com ela você pode monitorar o desempenho do seu site em relação às buscas feitas no Google.

 

Gray Hat (ou grey hat)

É o que chamamos de “meio termo” São técnicas que não estão na lista de Black Hat SEO mas não estão nas indicações de boas técnicas de White Hat. Na dúvida sempre use ações de otimização aprovadas pelo Google.

 

Headings tags

Na prática são os títulos e subtítulos do texto de uma página. Elas são representadas por H1, H2, H3, H4, H5, H6 e possuem uma ordem hierárquica decrescente. Dica de otimização: procure usar as palavras-chave sempre que possível em seus títulos e subtítulos.

 

Head Tail

São os termos mais amplos, geralmente com 1 ou 2 palavras-chave que respondam a pergunta de uma busca.  Geralmente as taxas de conversão são menores se comparadas aos termos de cauda longa (ver Long Tail).

Exemplo de palavra-chave head tail: marketing digital.

 

Href

Na linguagem HTML é a tag que indica um endereço para qual remete um link.

 

HTML5

É a sigla para Hypertext Markup Language na versão 5. Na prática é uma linguagem para estruturação e apresentação de conteúdo para a internet. A sua quinta versão traz novas funcionalidades acessibilidade e semântica.

 

Hummingbird

O algoritmo do Google ganhou esse nome pela sua inspiração e objetivo. O “Beija-Flor” vem entregar aos seus usuário resultados mais rápidos e precisos. Ele consegue fazer análises de uma forma mais ampla, o que ajuda e muito no desempenho para interpretar buscas com termos naturalmente utilizados por seus usuários.

 

Keyword Stuffing

O significado vem de keyword (palavra-chave) e stuffing (encher ou preencher). É uma técnica black hat que consiste exatamente nisso: inserir diversas palavras-chave em excesso e até mesmo fora do contexto da página. O objetivo é posicionar melhor a página no buscador. Porém, como é black hat, o que pode acontecer é justamente o contrário.

 

Links

Link: vínculo ou ligação. É o endereço de um documento ou conteúdo na web. O link apresenta tudo que tem hospedado naquele local.  O link também pode levar para outra página na internet.

 

Link building

Link building se resume em conseguir backlinks. Ou seja, obter links em outros sites apontando para o seu site de maneira natural ou não. É importante que esses sites tenham autoridade, gerando assim conexões de qualidade.

 

Links internos

Da mesma forma que os links eles estabelecem uma ligação, contudo, aqui eles apontam para páginas dentro o próprio site. São elos de ligação dentro de um mesmo domínio. Ajudam na navegação e trabalham também para otimização das páginas para SEO. É principalmente através de links internos que os robôs dos buscadores navegam pelo site.

 

Long Tail

São termos longos e específicos, geralmente com mais de 3 palavras-chave. Nas buscas a Long Tail ou cauda longa, tem uma assertividade e conversão maior que os termos de Head Tail. Exemplo de palavra-chave long tail: “marketing digital para pequenas e médias empresas”.

 

LSI (Latent Semantic Indexing)

O Google usa o que chamamos de proximidade semântica, ou LSI, para em seu rastreamento tentar conseguir entender do que se trata o conteúdo de um site.  O papel do SLI é procurar sinônimos relacionados entre este conteúdo e o título da página.

 

Meta Description

É todo texto que você encontra embaixo do título quando você faz uma busca. Aquele resuminho que aparece embaixo da linha principal, que pode trazer informações extras que motivem a interação do usuário. Não há peso ou relevância nos critérios de SEO, mas é muito importante para levar o seu usuário ao clique no seu link. Pode ter até 160 caracteres.

 

Nofollow

É um atributo adicionado ao código HTML, na linha do link, para dizer aos robôs de busca para que não sigam o link.

 

Noindex

É um atributo adicionado ao código HTML, dizendo para os robôs não indexarem um determinado conteúdo.

 

PageRank

O PageRank é uma maneira criada por Larry Page, cofundador do Google, de medir a autoridade de uma página. A métrica é baseada na quantidade e qualidade de links que um site recebe.

Todos esses critérios são analisados e ilustrados através de uma escala de 0 a 10. Sendo 0 um site com pouquíssima relevância e autoridade e 10 com extrema autoridade e relevância.

 

Palavras-Chave (keyword)

No Marketing Digital, as palavras-chave (keywords) são mais que as palavras ou frases usadas por um usuário ao realizar determinada busca na internet, elas também representam a forma do mercado pensar. Esse é um termo bem importante para entender SEO.

 

Panda

O objetivo do Google Panda é mover sites de alta qualidade nos resultados de pesquisa do Google. Google Panda consegue isso colocando uma classificação mais baixa para sites que eles consideram como “de baixa qualidade”. Eles, então, retornam sites de alta qualidade mais elevada nos resultados de busca.

 

Penguin

O Google tem lançado uma atualização e, em essência, penaliza ou remove sites ou páginas Web, que se sentem parecer estar tentando manipular linhas de guia do Google. Pinguim é, essencialmente, uma expansão de Panda e foi lançado em abril de 2012. Ele fez as diretrizes para o que constitui um site de alta qualidade ainda mais rigorosas do que eram antes.

Este novo algoritmo não só olha para a qualidade geral do conteúdo de um site, ele também olha mais de perto para keyword stuffing, cloaking link, o conteúdo que foi girado para criar um conteúdo diferente e spams web.

 

RankBrain

RankBrain é um sistema desenvolvido pelo Google que utiliza machine learning e inteligência artificial para melhorar os resultados de pesquisa e interpretar as novas solicitações de busca, isto é, termos que ainda não foram pesquisados anteriormente.

 

Redirect 301

Se temos um único conteúdo e queremos que diferentes formas de acesso levem a esse conteúdo, a saída perfeita é o Redirect 301.

O Redirect 301 avisa ao navegador e às ferramentas de busca que o conteúdo daquela página foi movido de forma permanente para um outro endereço. Com isso,  as ferramentas de busca acabam transferindo quase toda (de 90% a 99%) a autoridade da página para o novo endereço.

 

Rich snippet

São pequenos fragmentos (snippets) de páginas exibidas na página de resultados. Elas podem oferecer links para seções específicas do seu site, por exemplo.

Robots txt

Como o próprio nome já diz, robots.txt é um arquivo no formato .txt (bloco de notas). Funciona como um filtro para os robôs dos sites de busca e faz com que os webmasters controlem permissões de acesso a determinadas páginas ou pastas dos sites.

 

SERP

Sigla em inglês para “search engine results page”. São as páginas que aparecem para o usuário após a pesquisa ser feita.

 

Sitemap XML

Sitemap ou mapa do site, como é mais conhecido no Brasil, é, basicamente, uma lista com todas as páginas (URLs) do site. Ele funciona como uma espécie de mapa que irá ajudar e guiar o robô de busca, ou o usuário, a navegar e encontrar páginas do site.

 

SSL

Secure Socket Layer (SSL) é um padrão global em tecnologia de segurança desenvolvida pela Netscape em 1994. Ele cria um canal criptografado entre um servidor web e um navegador (browser) para garantir que todos os dados transmitidos sejam sigilosos e seguros.

 

Subdiretório

Já um subdiretório é uma pasta ou diretório criado a partir da raiz do site. Veja este endereço: web2.0br.com.br/conceito-web20/

Os subdiretório vem sempre a direita do domínio separado por uma barra (/). Ele também pode apresentar vários níveis como web2.0br.com.br/categoria/ajax/. Cada subdiretório ou pasta permite agrupar diversos arquivos nela, parecido com o sistema de arquivos do Windows.

 

Subdomínio

Um subdomínio é uma subdivisão de um domínio. Veja este endereço: web2.0br.com.br

A parte 0br.com.br é o domínio e a web2 é o subdomínio. O subdomínio vem sempre à esquerda do domínio separado por um ponto (.). O subdomínio mais comum é o “www”. É importante atentar que o endereço www.0br.com.br pode apresentar um conteúdo diferente do endereço 0br.com.br. Podem ser criados infinitos subdomínios para um domínio. Também pode existir mais de nível de subdomínio como euquero.web2.0br.com.br.

 

Texto âncora

O texto âncora, ou anchor text, é o texto clicável que os usuários vêem como hyperlink e podem clicar para acessar o conteúdo de outra página. O texto âncora é considerado relevante para os algoritmos dos motores de busca, pois já contextualiza os usuários a respeito do que encontrarão na página de destino. Saiba mais no post Texto âncora: o que é + 5 dicas de como utilizá-lo a favor do SEO.

 

Title Tag

A Title Tag é um dos itens que mais influencia o posicionamento no Google, se não for o mais importante. E é fácil entender o porquê. O propósito do algoritmo do Google é conseguir mostrar às pessoas os resultados mais relevantes às suas buscas. Se fizermos uma busca no Google e nenhum dos resultados aparente estar relacionado à palavra-chave que pesquisamos, vamos ter uma péssima experiência com o Google. O Título dos resultados de busca ajuda-nos a rapidamente encontrar o que procuramos. Faça o teste para diversas buscas no Google e repare que 7 a 9 resultados, geralmente, possuem a palavra-chave que você pesquisou no título do resultado de busca. Veja por exemplo a busca para carros importados:

 

URL

Uma URL bem estruturada é um dos fatores preponderantes para que os motores de busca melhorem a qualificação de um site diante do rankeamento. Às vezes uma frase acaba se tornando uma URL e a melhor forma, mais recomendável, de se separar as palavras dentro dessa URL é usando hífens (noticias/esporte/gols-da-rodada). Existem alternativas como o underline (_) e o mais (+). Porém, o hífen tem maior aceitação e uso.

White Hat

As White Hat SEOs seguem por via de regra as diretrizes dos mecanismos de busca para conseguir melhorar o seu posicionamento. Trabalham o conteúdo do site, se engajam em prática de troca de links que sejam coerentes com o seu conteúdo, não compram links com o simples propósito de subir no posicionamento do Google. Os resultados obtidos por sites white hat costumam demorar um pouco mais para aparecer, mas o risco de ser penalizado pelo Google e desaparecer dele é baixíssimo.

Via: resultadosdigitais

, , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *